É só mais um bocadinho!

sexta-feira, julho 30, 2010

António Feio

Prevenção e combate às causas da degenerescência celular - II

Alimentos ricos em antioxidantes (que se devem consumir o mais possível):

Cebolas vermelhas, couves variadas (especialmente os brócolos), uvas pretas, chá verde, cenouras, meloas, batata doce, papaias, espinafres, abóboras, farelos de cereais e citrinos. Peixes como cavala, atum, salmão e sardinhas.

Alimentos que se devem evitar o mais possível:

Carnes vermelhas, café, açúcar, sal e farinhas refinadas, alimentos enlatados, bebidas alcoólicas, refrigerantes e todos os produtos infestados de aditivos alimentares.

Suplementos de combate ao cancro (dosagem diária):

• Magnésio (cloreto de magnésio em pó) – dissolver 10gr em 3 litros de água – tomar uma chávena das de café cheia às 3 principais refeições
• Selénio – 1 comprimido às 3 principais refeições
• Vitamina C 500 mg - 1 comprimido às 3 principais refeições
• Vitamina E – 1200 mg - 1 comprimido às 3 principais refeições
• Viterra terapêutica - 1 comprimido às 3 principais refeições
• Coenzima Q10 – 100 mg 1 comprimido às 2 principais refeições
• Óleo de grainhas de uva preta – 1 colher de chá ao almoço e ao jantar

Como prevenção, fazer a dosagem só a uma refeição, excepto o Magnésio que deve ser tomado às 3 principais refeições.

Em casos de Leucemia incluir também Ferro - 1 comprimido às 3 principais refeições.

Em casos de cancros ósseos incluir também:

• Cálcio 1250 mg - 1 comprimido às 3 principais refeições
• Vitamina D 400 UI - 1 comprimido às 3 principais refeições
• Glucosamina/Condroitina – Glucomix - 1 comprimido às 3 principais refeições
• Gelatina com Colagénio em pó – 1 colher de sopa ao almoço e jantar, dissolvido num pouco de água, leite e iogurte.

O documento do Sr. Alves Martins acaba aqui.
Do que aqui está descrito, eu faço:

• Selénio – 1 comprimido por dia
• Vitamina C 500 mg - 1 comprimido por dia
• Vitamina E – 1200 mg - 1 comprimido por dia
• Coenzima Q10 – 100 mg 1 comprimido por dia
• Vitamina D 400 UI - 1 comprimido por dia
• Glucosamina/Condroitina – Glucomix - 1 comprimido por dia
• Valdispert 125mg – 1 comprimido por dia

quinta-feira, julho 29, 2010

Prevenção e combate às causas da degenerescência celular

Prevenção e combate às causas da degenerescência celular, Fernando Alves Martins

Tive e tenho o privilégio de conhecer este senhor, com os seus oitenta e vários anos, meu colega de trabalho (obviamente, já reformado e ainda bem, porque tem mais tempo para continuar a inventar).

É o maior autodidacta que conheço (... e vocês, por certo, também. Não é fácil conhecermos pessoas destas...) e as suas incursões intelectuais vão desde a Música à Medicina, passando pelo Engenharia. É inventor de uma série de instrumentos, de utilização hoje comum, e absolutamente revolucionários para a época.

Participa em diversas palestras sobre a génese do cancro. Tudo isto podem consultar no seu blog: http://inventonices.blogspot.com/

Há tempos, veio ter comigo e estivemos a conversar bastante. Desse dia, ficou-me um documento, que vou tentar transcrever o melhor possível, e uma lista de suplementos de que não me livrei mais.

Não pretendo dizer que é a forma correcta de prevenir o (re)aparecimento do cancro. Digo só que é aquilo que eu faço, convencida de que estou a fazer o melhor para mim (e não faço rigorosamente como ele disse).

Começando:

Uma doença só pode ser vencida se for combatida nas suas causas e tratada nos seus efeitos. Enquanto o combate ao cancro se limitar tão só ao cumprimento da segunda parte dessa regra, isto é, ao tratamento dos efeitos (cirurgia de tumores, quimioterapia, radioterapia, bloqueio de metástases, etc.), apenas se mascara a doença e se adia por algum tempo o desfecho fatal. Chamar-se a isto cura, não passa de uma piedosa mentira.

Factores Poluentes:

• Hidrocarbonetos e sais de chumbo contidos nos fumos e gases de combustão das fábricas, motores de explosão, etc.
• Aditivos químicos dos alimentos industrializados
• Tabaco e álcool
• Tintas, alcatrão e seus derivados e pesticidas
• Radioactividade, emanações radioactivas do solo (gás Radon) e radiações solares
• Bolores de casas húmidas, batatas podres e amendoins crus
• Refinação de sal, de açúcar e de farinhas de cereais
• Aplicação de adubos químicos de potássio e azoto nas terras e sua poluição por enxofre, arsénio e gesso

E que provocam:

• Redução directa e substancial no sangue do teor de Magnésio e de antioxidantes como o selénio, vitaminas C e E
• Destruição substancial do teor de Magnésio e de antioxidantes como o selénio, vitaminas C e E nos alimentos vegetais

Com a consequente Formação de Radicais Livres --> Ataques ao ADN --> Degenerescência Celular

(continuarei a divulgar o documento em novo post)

quarta-feira, julho 28, 2010

Oh não!!! Outra vez esta m&@#£...!

Consulta de rotina com tudo ok! Inclusive, os valores hormonais. Todos Ok para uma gaja jovem, não para uma que queria/devia estar na menopausa... Assim, lá vão mais uns chutos de Zoladex...

Como é que se é velha de mais para umas coisas e nova de mais para outras??????? M#$%& M#$%& M#$%& M#$%& M#$%&.

segunda-feira, julho 26, 2010

Análises de mamãe...

... estão excelentes!

Chá Príncipe ou capim-limão

Em novembro do ano passado recebi de Liana Gottlieb um artigo interessante intitulado Bebida de capim-limão provoca apoptose em células cancerosas. Definição de apoptose: um tipo de morte celular engendrado pela própria célula; um mecanismo suicida que permite ao organismo animal controlar o número de células e eliminar as que ameaçam sua sobrevivência.

Lindas fotos de moitas frondosas do nosso conhecido e delicioso capim-limão, capim-cidrão, capim-cidreira, capim-de-cheiro, do qual se faz um chazinho tão bom pra acalmar o espírito. E o texto contando que tudo começou quando pesquisadores da Universidade israelense Ben Gurion descobriram que o aroma cítrico em ervas como o capim-limão mata células cancerosas, in vitro, sem afetar as células saudáveis.

Citral é o nome do componente que dá aroma e sabor de limão não só a esse capim (Cymbopogon citratus) como à melissa (Melissa officinalis) e à verbena (Verbena officinalis). Um chá com apenas um grama de capim-limão contém citral bastante para fazer as células cometerem suicídio no tubo de ensaio. O Professor Yakov Weinstein, da mesma Universidade, diz que o ideal para portadores de câncer é fazer uma infusão com a erva e tomar oito copos por dia. E não portadores podem tomar o chá preventivamente.

Bem. Como tudo o que chega pela internet pode ser qualquer coisa, inclusive mera especulação bem-intencionada que não leva a nada, fui pesquisar apoptose+câncer no google. E dei com estudos científicos brasileiros muito detalhados confirmando a história toda, a partir de outros testes em laboratório, não só in vitro como in vivo. Vejam só o que diz o médico e pesquisador biomolecular José de Felippe Junior aqui (resuminho abaixo):

- As limoninas, dentre elas o limoneno, são monoterpenos que possuem diversos efeitos farmacológicos, incluindo propriedades antitumorais. O álcool perílico é um membro da família dos monoterpenos, substâncias que estão naturalmente presentes em várias frutas e vegetais. Demonstrou-se que é citotóxico para uma grande variedade de células cancerosas tanto in vitro como in vivo, e trabalhos clínicos na FASE I apontam para sua utilidade em seres humanos. Ele é considerado o agente anticâncer mais potente entre os monoterpenos. É encontrado em grande quantidade em cerejas, alfazema (lavanda) , hortelã, sálvia, artemísia, cranberries, perilla (shissô), capim-santo (capim-limão), bergamota silvestre, folhas do gengibre, cominho-armênio e sementes de aipo. O álcool perílico inibe a carcinogênese, suprime a proliferação celular, aumenta drasticamente a apoptose tumoral e induz a diferenciação celular das células malignas in vitro e in vivo, provocando a regressão total de vários tipos de tumores em animais de experimentação, quase sem toxicidade.

Achei bacanérrimo, pra dizer o mínimo. Primeiro porque adoro capim-limão e ele dá à toa, é só enfiar o bulbo na terra; pode cortar que rebrota. Segundo porque meus gatos não só adoram comer as pontas das folhas como exigem duas vezes por dia sua dose de, agora eu sei, citral. Terceiro porque as cachorras também amam as folhas tenras, que consomem avidamente - mas elas são umas fito-sábias, também comem picão, erva-de-santa-maria, gervão, hibisco...

Por outro lado, sempre tenho muito receio de divulgar informes que dão margem a conclusões apressadas tipo "Viu? Capim-limão cura câncer!" Experiências de laboratório contemplam fatores isolados; células num tubo de ensaio ou ratinhos induzidos ao câncer não são pessoas de carne e osso que pensam, sentem, sofrem e têm esperança ou vontade de morrer. Além disso, muitas substâncias e práticas terapêuticas dão resultados na reversão do câncer. A própria dieta do dr Barcellos, associada a uma vermifugação completa, faz estacionar e regredir tumores. Também existe a cura espontânea, muito mais frequente do que se imagina: a pessoa não faz nada e fica boa.

(...) Capim-limão não custa nada. Neste verão úmido, queimar suas folhas num braseiro ou mesmo na frigideira e defumar armários e cantos da casa acaba com ácaros e fungos. A fumaça e o chá ajudam em resfriados, tosses e dores de garganta. O chá também acalenta o sono, desintoxica, tempera peixes, suaviza o mate amargo do chimarrão. Age sobre cólicas uterinas e intestinais. As folhas podem ser mastigadas para alcalinizar e perfumar a boca. E agora sabemos, provoca apoptose em células destrambelhadas.

Santo? Santo. 'Bora tomar o chá.

http://www.soniahirsch.com/2010/01/papo-de-cancer-capim-limao-resolve.html

Pois, será... Ou não. Mas descobri que é óptimo para a retenção de líquidos. Tomei vários e este foi o mais eficaz.

sábado, julho 24, 2010

Power Balance

O Power Balance é um produto desenvolvido por um cientista da NASA. Consiste num holograma quântico feito a uma freqüência que entra em contato com o campo energético do nosso corpo, aumentando a eficiência dos sistemas eletrônicos, físicos e orgânicos do corpo.

O efeito sutil da energia ajuda a realçar funções metabólicas celulares. Através de vários testes pode-se comprovar visivelmente o aumento instantâneo do equilíbrio, da flexibilidade, da força, da concentração e do bem-estar. Além de reduzir os efeitos do stress, aumentar a resistência e o sistema imunológico.

A Pulseira Power Balance é um estimulador natural de energia que instantaneamente ajusta o seu corpo para uma melhor performance, aumentando: a resistência, o equilíbrio, a força no tronco (área abdominal) e a flexibilidade. Não importa a sua atividade o Power Balance ajuda na sua performance e a você se sentir melhor fisicamente e emocionalmente.

Pronto, já tenho a minha - a transparente. Por recomendação do Quim da Lina - a quem irei pedir o reembolso se a coisa não me tornar uma pessoa equilibrada...

Update: Já fiz os testes que constam da página oficial da coisa ( www.powerbalance.com ) depois da Lina me ter advertido para a sua existência no 7º telefonema que hoje me fez... Ah, e a coisa passou em todos os testes, ou seja, a minha pessoa tem sempre melhor performance com a coisa do que sem ela... Óbvio, ne???

 

sexta-feira, julho 23, 2010

O Pêndulo

Recordo avisos pendulares
Enquanto espero pelo balanço
Assim o ditam doutos falares
Em vão lhes digo quanto me canso

Sento-me, bem quieta, aguardando...
O que balança? Entre quê e quê?
Se há algo em que ainda mando
É naquilo que nenhum de vós vê.

Imaginário, o ponto fixo?
A vossa percepção delibera?
Sereis vós os agarrados à esfera?

Pois faço parte do pêndulo, sim.
Julgais-me a esfera de oscilação?
Não! Sou o ponto de sustentação.

Nicha (que hoje faria 48 anos...)

quinta-feira, julho 22, 2010

Futilidades

Os últimos dias têm sido difíceis, com perdas que não queríamos...
Estas perdas, além da incredulidade de ver partir pessoas que queríamos que ficassem, leva-nos a questionar a nossa continuidade e lança novos medos sobre um velho medo: será que estamos bem?

Como já se sabe, as mulheres desenvolveram mecanismos de defesa muito eficazes que deixariam Darwin satisfeitíssimo por ver confirmada a sua teoria. Um desses maravilhosos mecanismos consiste em ludibriar a dor e a tristeza fazendo compras, por exemplo...

Outro, ainda melhor, é dedicar um dia a si mesma num SPA! Meu Deus, é tão bom! Claro que eu não tenho um dia livre para passar num SPA, mas sempre se arranja um bocadinho para lá dar um pulinho ao fim do dia.

O meu mais-que-tudo ofereceu-me um voucher (SPA Rituals) da Vida é Bela e eu resolvi utilizá-lo num programa de Hair Spa - sendo um tratamento super agradável ao cabelo com duas máscaras e umas massagens. O cabelo ficou super brilhante e macio. A seguir fiz uma massagem de corpo e pronto: fiquei feliz, com aquela inconsciência que as mulheres conseguem ter em qualquer situação...

quarta-feira, julho 21, 2010

Ippon for Life

Caminho para a luta
Agarrar a vida
Nunca desistir nem baixar os braços
Combater com unhas e dentes
Resistir à dor e ao sofrimento
Olhos sempre postos na confiança

Este é o meu Ippon fo Life
 
Este foi o post que o Tiago Alves fez no dia 14 - há uma semana. O Tiago, com os seus 18 anos, é mais uma estrela neste nosso céu... Hoje, não tenho palavras. Foi um grande choque.
 
http://ipponforlife-tiagoalves.blogspot.com/

terça-feira, julho 20, 2010

Nunca deixes de voar!

video

segunda-feira, julho 19, 2010

Psicoterapia

Ontem, fiz uma experiência traumática: mudei o look do meu blog...

Como já virei muitos frangos nesta vida, fiz uma cópia de segurança antes da big adventure. Graças a Deus! A imagem que escolhi até era gira, mas este Bocadinho! já faz parte de mim e não consegui trocá-lo.

E porque haveria de querer mudar?!  Aceitam-se sugestões para o look e para a razão...

sexta-feira, julho 16, 2010

Bom fim de semana...!

Tive que mudar a imagem do Snoopinho: ele eram resmas de gajas a telefonar para saber se tinha partido o pé... Amigas! Esta imagem é já a preparação para a Feira Mediaval...

terça-feira, julho 13, 2010

Uma Estrela do guia Manuelin










Como todos sabem, ganhar uma Estrela do guia Manuelin significa a ascensão em direcção à excelência.
No último sábado, trouve-vos um exemplo de uma empresária que perdeu uma grande oportunidade de ganhar uma Estrela. Não falemos mais disso...

Esperava eu que mais ninguém desperdiçasse oportunidades como esta, mas... não!

Ontem, fomos ter com a L e o Q (não divulgo os nomes verdadeiros para não abalar completamente a sua família e amigos...) à Aldeia do Meco. Como sou previdente, telefonei antes a perguntar se era preciso levar alguma coisa. Claro que era! Lençóis e toalhas...
Chegámos e ainda reinava um ambiente de terror devido a um ataque de um contingente de formigas que os tinham isolado por completo.
Houve momentos muito agradáveis quando fomos à praia ver a partida dos barcos para a pesca e a espera pelo seu regresso, à beira de uma esplanada, estendidos numa chaise-longue, a beber uma caipirinha.
Mas tanta sorte dá para desconfiar: quando a esmola é grande, o pobre desconfia, né?

Quando voltámos para casa, o jantar até prometia: mexilhões de cebolada e camarões cozidos. A sangria era de rosé italiano com frutos silvestres - nada mal... Na mesa, para meu completo horror, umas flutes de plásticos... e desmontáveis... Eu não queria acreditar...!
O resto da noite foi um verdadeiro castigo: a L falava, falava, falava e eu só conseguia pensar naquelas "peças" em que tínhamos bebido a sangria e não compreendia... Como é possível estragar tudo???

Não havia serviço de quartos! Queriamos a cama feita?! Tivémos que a fazer! No dia seguinte, quando acordámos, havia pão quente e ansiámos por um bom pequeno almoço. Quantos somos? Hum, não há chávenas para todos?! Fazemos turnos para comer????

Pronto, foi o detalhe final. Acabámos por ir almoçar a uma esplanada e, a seguir, fugimos para casa. Eu só contei alguns pequenos pormenores para não assustar ninguém. Muitos havia para contar. Ainda havia a cadela cheia de pulgas e carrapatos... Um rolo de papel monstro que servia para tudo... e muito mais que vai ficar comigo para sempre...

Claro que a Estrela Manuelin ficou perdida. Para sempre...

domingo, julho 11, 2010

O Eco...

Shiu! Tenho que contar isto em segredo porque fui ameaçada...
Ontem, fomos almoçar a Rio Maior. A Cacildinha tinha lá uns restos e palpita-me que os filhos já deitam restos pelos olhos... Assim, nada melhor do que chamar umas vítimas de Lisboa, que têm boa vontade e pensam que as pessoas de meios mais pequenos estão sempre com boas intenções... Ilusão citadina!
Obviamente que não quis espalhar migalhas em casa (e ainda bem, ou teríamos que as limpar no fim...) e acabou por montar uma mesita no meio dos perús e das moscas. E não, não vou falar da rã que me saltou para o peito e me fez voar tão depressa que, com certeza, a tenossinovite vai voltar...
Passo a descrever.
Chegámos um pouco atrasados já a prever a desgraça que nos esperava. O primeiro impacto (que nos fez logo antever o pior) foi ver a Tia de Alcobaça a apanhar moscas à mão...! Não me pronuncio sobre o método alcobacense de cativar insectos, mas já me custa ver as desgraçadas moscas (depois de chocalhadas) serem enfiadas no ralo do lava-loiça e lá irem na enchurrada. Traduzindo: apanha-as à mão, abana-as e afoga-as. E a Protectora dos Animais em silêncio...
A mesa até estava bem posta, se bem que os copos fossem só para enfeitar e tivéssemos que beber em copos de plástico. Não sou completamente contra os copos de plástico, mas não percebi o que lá estavam a fazer os de vidro se não eram para usar...
A Gosma comeu e bebeu até mais não. No fim, quem comeu rápido, ainda se safou. Quem demorou um pouco mais, tramou-se. Andou a recolher os restos dos nossos pratos para levar para o cão. Mais tarde, um telefonema traíu-a: a irmã e o cunhado iam jantar lá a casa e ela não estava para cozinhar...
Eu e a Gosma estivemos deitadas, numa mantinha à sombra, a conversar. E foi nessa altura que a rã resolveu atacar. Não nos venceu. Pegámos num pau e conseguimos ganhar terreno e expulsar a bicha. Os outros, entretanto, tinham ido sabe Deus onde ver os pavões. Que trouxeram uma carrada de penas, lá isso trouxeram. Eu nem quero pensar no modo como os animais são tratados ali.
Ao fim de muito tempo, conseguimos despegar daquele antro de tortura animal e fomos tomar café a um sítio muito simpático. Mas ainda não tinham impingido todos os morfes fora de prazo que por lá havia e, mal voltámos, montaram a mesa com os restos do almoço. Quem tirou algum proveito disso foram as moscas que, por serem aos milhares, não foram todas exterminadas pela Manuela. Aliás, ela já não estava a atinar bem com os insectos e acabava por dar grandes trolitadas nas rodelas de chouriço, espantada por elas não voarem... As cervejas que tinha emborcado também não estavam a ajudar muito!
Mas vocês já me conhecem e sabem que eu não gosto de dizer mal de ninguém e tento sempre ver o lado positivo das coisas. Foi o que tentei ontem. E, de facto, aprendi alguma coisa com isto tudo. Descobri que quando eu dizia glu-glu, ouvia aí uns 27 perús a responder em coro: glu-glu. E repeti aquilo várias vezes para despistar qualquer coincidência que me estivesse a baralhar a análise dos dados. Mas não... Aquilo confirmou-se: os perús fazem eco!

terça-feira, julho 06, 2010

Pssttt... Pssttt...

Ei, Pessoal!

Já não preciso de fazer mais fisioterapia! O senhor doutor disse que estou bem da tenossinovite, desde que me porte bem e não faça esforços e não esteja muito tempo a trabalhar com o rato. Hehehehe... Adiante...
O edema da mão já recuperou tudo o que podia recuperar. Ficará sempre algum edema residual, mas isso a gente já sabe. Ficarei bem desde que me porte bem, não faça esforços e durma com a mão imobilizada. Hehehehe... Adiante...
Estes médicos... Líricos...
Ok.Ok. Vou portar-me bem!

sábado, julho 03, 2010

O Lado Lunar

Não me mostres o teu lado feliz
...
O teu lado solar só dura um segundo
...
Toda a alma tem uma face negra
...
A arca escondida debaixo do chão
...
Com lados felizes eu já não me iludo
...
Mostra-me o avesso da tua alma
...
Mesmo às escuras eu não vou reclamar

video

quinta-feira, julho 01, 2010

A resposta às VOSSAS preces...



Havia o Ginix, o Ginix Plus. Agora, há o Ginix Up. E não há quem as aguente!

A Daulisa

Recebi, ontem, notícias oficiais da minha afilhada Daulisa (já as tinha recebido por outra via). Lembram-se daquela menina de Moçambique com um sorriso lindo? Pois, a Daulisa, durante umas férias escolares, foi para casa de uma tia e "resolveu" ficar e não voltar para o lar.
Por um lado, fico contente. Um orfanato nunca é o mesmo que uma família. Mas por outro, deve implicar que vai deixar de estudar e passar só a trabalhar fora e/ou no seio familiar. Ela recebeu educação enquanto esteve no Lar Arco-Íris e isso já ninguém lhe pode tirar, mas fico com o coração apertado por saber que não vai continuar... Mas não posso fazer nada por ela.
No entanto, ficou uma irmã mais nova, a Joaquina. E decidi ser madrinha da Joaquina. Assim que tiver fotos e outros dados sobre a Joaquina, venho dizer-vos.
E lembro que existem imensas crianças à nossa espera. Apadrinhar uma criança custa muito pouco para os nossos bolsos e ainda custa menos para o coração. Antes pelo contrário: aquece-o.