É só mais um bocadinho!

sábado, abril 18, 2009

(...)

“(…)

Trazia no olhar aquele assombro
De quem queria caber e não cabia.

(...)”

In “Adriano” soneto de Manuel Alegre

7 Comments:

Lá tá ela, com a mania da escrita criativa ...
Ainda por cima copia frases de tipos da província.

18/4/09 14:02  

Passou-se!!!!
Desde que anda a passar com aquele olho ficou assim...

18/4/09 15:20  

Gosto da frase, do olhar e do olho.
Tudo cabe seja onde for, desde que o olhar queira e seja verdadeiro.

18/4/09 15:57  

Olha Cindaaaaaa...de ti já sei que gostas do olho!!!
Quando fomos á despedida da Loulou naquele almoço andás-te a fotografar os olhos todos bahhhh...
Bjs á com cada xanfrada...

18/4/09 22:01  

*****
...
Era a triteza dentro da alegria
era um fundo de festa na amargura
...

palavras de Manuel Alegre

19/4/09 18:09  

Mas que coisa! Qual criatividade?!
Gosma... isto nem é teu!

Eu trago no olhar, ainda hoje, não assombro, mas o brilho da felicidade que vivi ontem.

O assombro, já está lá atrás...

20/4/09 10:51  

Que silêncio.... tão comprido...
Bom início de semana- agora tens 2 semanas para respirar fundo e vaguear os olhos por outros lados.
Bjs

20/4/09 14:04  

Enviar um comentário

<< Home