É só mais um bocadinho!

quinta-feira, julho 31, 2008

Tirem-me deste filme...!

Mas esta gente é lerdinha ou quê?!
Então, eu combino um almoço com a Gosma e ela acredita mesmo que eu ía almoçar só com ela?! Nunquinha! Éramos 6, que eu não tenho arcaboiço para aguentar um almoço inteiro com aquela bicha!
Credo!
E a Gosma veio cheia de livros... Deve ter vindo de transportes públicos e queria-se mostrar... Como se conseguisse parecer uma intelectual com chinelas vermelhas e camisola de alças de trabalhador das obras... Eu já estou cansada...
E ainda estiveram todas a falar com a Aida e do meu telemóvel... Imaginam, não é?! Já não tenho saldo... Além de que o visor do telemóvel ficou cheio de gordura. Ah e tal, deve ser do creme... Qual creme?! Azeite com farinha?!
Se não acreditam em mim, vejam com os próprios olhos...























































video

quarta-feira, julho 30, 2008

Almocito!

Hoje, fui almoçar com a minha amiga Nicha (a Chamuscada, lembram-se?). Tirámos fotos e tudo. Mas como as ditas não nos favorecem, nem nos fazem justiça, decidi postar só uma pequena amostra.

Amostra essa onde, com muita acuidade, podem encontrar uma das lentes de contacto...! Tipo "Onde está o Wally?".


Saúde é... tudo isto!

video

terça-feira, julho 29, 2008

Lentes de contacto progressivas, episódio 3, série 1...

Raios partam as lentes!

Bom, hoje voltei ao consultório para medirmos a miséria... Tenho outras lentes e ainda não são as definitivas. Mas tenho que insistir; tenho que ter paciência e tenho que dar tempo ao olho... Eu sei o que me apetecia dar ao olho, mas não digo!

Agora, estou a ver bem. Vamos ver por quanto tempo...

domingo, julho 27, 2008

A última grande, ENORME lição de Randy Pausch

Partiu na sexta-feira, dia 25.

sábado, julho 26, 2008

Dor de cabeça, cefaleia ou o raio que a parta...


Há três dias que me doi cabeça. Grrrrrrrr... Hoje, dormi uma sesta e acordei muito bem disposta e sem dores de cabeça... Ao fim de uma hora, cá estava ela novamente... Devo estar a precisar mesmo de férias! Não costumo ter destas coisas e quando tenho, espero que passem... E passam.

Tenho saudades dos tempos em que as dores de cabeça eram só dores de cabeça. Sem que, pela minha cabeça, começassem a passar outras hipóteses menos simpáticas...

Bem, vou tomar um comprimido para as ditas! E deixo-vos com alguma literatura sobre a matéria.


Não deixe que lhe doa a cabeça
A opção por um estilo de vida mais tranquilo pode ser a primeira resposta para o problema das dores de cabeça. Poderá reduzir ou mesmo eliminar as tensões com elas relacionadas. A prática regular de exercícios pode também ajudar a eliminar o stress que origina muitas das dores de cabeça.
Um grande número de adultos sofre de dores de cabeça que por vezes são muito fortes e incapacitantes. Mas a verdade é que muita destas dores de cabeça podem ter origem, muito simplesmente, em tensão muscular. Nestes casos, sofrer de dores de cabeça pode apenas significar falta de tranquilidade. Se for esta a situação, o tratamento mais simples será apenas uma vida mais serena.
Na realidade, muitas das dores de cabeça que nos afectam não são mais do que o resultado do nosso próprio estilo de vida. Como é fácil compreender, a vida moderna tem as suas exigências que, muitas vezes, se traduzem numa enorme pressão sobre cada um de nós. Existe até uma expressão vulgar em Portugal que serve como um bom exemplo. Quando alguém diz: "isso é uma grande dor de cabeça", compreende-se logo que a situação referida só pode significar uma enorme dose de preocupações, dificuldades e problemas.

Descontrair-se é o melhor remédio
Quando uma dor de cabeça deste tipo nos ataca, o melhor é procurar compreender as suas causas para, em seguida, as tentar remover.
Mas enquanto não se consegue encontrar uma solução definitiva para um qualquer problema que nos preocupe, pode-se recorrer a soluções tão simples como um banho quente ou uma pequena sesta. Para além disto, pode-se também procurar alívio através de um dos medicamentos disponíveis nas farmácias para este efeito.
Não se esqueça que, tirando o incómodo que provocam, a maioria das dores de cabeça são praticamente inofensivas. As suas causas são também, normalmente, muito simples.
Entre as causas mais generalizadas para as dores de cabeça encontram-se o stress, os excessos alimentares e de bebidas alcoólicas, a escassez ou excesso de sono e factores ambientais como o ruído ou certo tipo de iluminação artificial. Por vezes, a causa é tão simples como uma deficiente posição corporal. As dores de cabeça podem ainda ficar-se a dever a outras causas como os efeitos colaterais de alguns medicamentos.
Para além destes casos mais vulgares de dores de cabeça, existem ainda as enxaquecas que, embora muito menos frequentes, são mais graves.

O caso mais grave das enxaquecas
Nem todos os tipos de dores de cabeça têm origem na tensão muscular, nos excessos ou noutros motivos de fácil correcção. Por esse motivo, exigem uma atenção diferente.
As enxaquecas surgem geralmente, pela primeira vez, em indivíduos com idades compreendidas entre os 10 e os 30 anos. Quando isto acontece, é provável que se repitam frequentemente ao longo da vida do paciente. Na maior parte dos casos, duram de um a três dias.
A dor extremamente debilitante associada à enxaqueca poderá ficar a dever-se à contracção dos vasos sanguíneos da cabeça. As suas manifestações surgem normalmente sob a forma de uma dor penetrante que se inicia geralmente em torno de um dos olhos. Num segundo momento, a dor espalha-se.
Em certos casos, muitos pacientes chegam mesmo a experimentar alterações de comportamento. Podem também sentir náuseas e ansiedade durante minutos ou horas. Outros sentem perturbações como visão dupla, sensibilidade à luz e visões de manchas ou de relâmpagos luminosos.

Quando consultar o médico
Alguns tipos de dores de cabeça exigem uma consulta médica imediata. Não hesite em recorrer aos serviços médicos quando:
A dor de cabeça é muito forte, tem uma duração superior a 24 horas e ocorre muito frequentemente.
A dor de cabeça é acompanhada por:
- Náuseas e vómitos
- Febre de 39º ou mais
- Febre e tensão no pescoço
- Ferimentos recentes na cabeça
- Perda de coordenação, torpor ou visão dupla.
Embora com menor urgência, também convém consultar o médico quando as dores de cabeça:
Exigem o uso de medicamentos contra as dores várias vezes por dia
Mostram-se cada vez mais fortes ou não desaparecem com os métodos habituais
Interferem com as actividades quotidianas e prejudicam o sono.


(http://saude.sapo.pt/artigos/?id=760983)

sexta-feira, julho 25, 2008

Unhas de gel - segundo e último episódio

Ao fim de duas se-manas (e um fim de semana agrí-cola), o gel de cor branca levantou numa das pontas de 2 das unhas...!
Tirei todas!
Experimento isto, novamente, lá pa-ra 2043, quando tiverem apurado a técnica e os materiais.
Não se esqueçam de que era gel orgânico... Tirei-o eu e não com broca como na outra versão. Agora decidi que as minhas unhas também vão de férias!

quinta-feira, julho 24, 2008

Anónima... (deves pensar!)


Recebi um cartão (conforme figura anexa) de uma anónima, a dizer que estava cheia de saudades minhas, já só tinha dois ou três cabelos de tanto os puxar com o desespero e outras gosmices assim...
Não estou nada a ver de quem seja...
Presumo que seja a sua própria fotografia... Um dia, esta gaja morde a língua e morre envenenada!
Mandou beijinhos para todas.

quarta-feira, julho 23, 2008

Dyna


Esta esgrouvia-da não se lembrou de nada melhor do que andar com o pé ao peito...! Pois é! A gajinha partiu um dedo por andar aos pontapés a umas indefesas cadeiras... E como tem a mania que é forte, andou uns dias a mancar até se resolver a ir ao médico... Agora vai andar com gesso durante 3 semanas e fica sossegadita em casa...
As melhoras, cabeça maluca!

Centro de saúde...


Hoje foi dia de levar a mãe à consulta no Centro de Saúde. Tinha consulta às 10h45. Saímos de lá já passava das 16h... Não tenho nada para comentar! No meio daquilo tudo, a médica era excelente e ficava mais de uma hora com cada doente.
Foi dose! Felizmente, está tudo bem, excepto a anemia que está a ser tratada.
Estou CANSADA!!!

terça-feira, julho 22, 2008

Lentes de contacto - episódio 2 da série 1

Off de record: MAS QUEM É QUE ME MANDOU METER NISTO???!!!
Ontem, após uma hora e meia de pânico, voltei as colocar as lentes e lá as aguentei até depois de jantar, altura em que as tirei e fiquei sem conseguir ver um boi... Isto tem estado a ser o mais difícil: quando tiro as lentes, não vejo nem com os óculos...
Telefonei ao médico (toda empanicada...) e ele disse que era normal, estava na fase de adaptação e para ir pôr as lentes outra vez... Lá fui e, de facto, fiquei a ver bem...
Hoje, quando cheguei ao gabinete, voltei a colocá-las e cá estou eu com as ditas... vamos ver como corre o dia... Tenho que me aguentar com elas, porque, se as tiro, não vejo népia e não consigo trabalhar...
Oh céus, que saudades dos meus Prada...! Tão descomplicados que eles são...

segunda-feira, julho 21, 2008

Novidades...

O fim de semana já lá vai, mas tenho que fazer uma referência à Oficina de Escrita Criativa. Foi interessante, excepto ser numa sala sem ar condicionado... Credo!
Depois, conto mais pormenores do curso. E não conto hoje porquê??? Porque já tenho as lentes progressivas de contacto e estou um pouco baralhada dos olhos. Saí do consultório a ver perfeitamente, mas agora estou um bocado piscareta, confesso... Deve ser a habituação...
A nossa Gigi já está no Spa e, garantidamente, vai ficar bem!
Quando conseguir ver as letras todas, volto ao contacto (viram o trocadilho? volto ao contacto - lentes de contacto). Não vejo muito bem, mas mantenho o sentido de humor...

sexta-feira, julho 18, 2008

Jovens com asas!


Andava à procura de uns ficheiros nos discos dos computadores, quando encontrei um texto do Bruno Nogueira. Na altura (a ideia dos Jovens com asas fez parte de uma campanha de publicidade), achei este texto muito giro e tenho uma vaga ideia de o ter enviado para várias pessoas... mas já não me lembro bem.

Como hoje é sexta-feira, durante o fim de semana não vou postar nada e como não sabia o que escrever, resolvi colocar aqui este texto, encaminhando todos os créditos para o autor e lembrando que amanhã vou à Oficina de Escrita Criativa... Na próxima segunda-feira, vou escrever e nem me vão reconhecer...!

"Hoje é o dia em que acredito no verdadeiro poder da desilusão. Investe uma, duas ou três. Bate com a cabeça, com o corpo todo, leva com os pés. A desilusão introduz o conceito de frustração, o sentimento de que, por mais que se queira, as coisas não são como se quer... Porque há um mundo à volta que limita, frustra, magoa.
A galinha dá-se com porcos porque tem asas que são a brincar. Algumas pessoas também se dão com porcos porque não têm asas. Ou porque as asas que têm estão cortadas. Porque já voaram muito alto e caíram de muito alto. As asas foram cortadas por desilusões e frustrações, que tiram a coragem de investir mais, de voar mais alto.
A diferença é que as asas das galinhas, apesar de verdadeiras são a brincar, e as das pessoas, apesar de serem só a brincar permitem voar. A desilusão tem esse poder, de fazer voar de uma forma natural. Não de uma forma forçada em que, com mágoa, se bloqueiam, apagam ou desprendem todas as amarras que prendem a um galinheiro inóspito. A desilusão ajuda a voar de uma forma desprendida. Porque o que já desiludiu tanto, aos poucos vai perdendo a capacidade de desiludir. E ao desiludirem-se, os "não-galinhas" entendem que aquele não é o galinheiro ao qual pertencem. E que está na hora de voar. E deixar os porcos a chapinhar, felizes, na lama deles. Ambigua, a desilusão.

E é por isso que não somos galinhas. Porque temos sempre a possibilidade de voar, quando nos desiludimos.

E isso, parecendo que não... facilita!"

quinta-feira, julho 17, 2008

Piscaretas!


As lentes de contacto progressivas permitem conseguir a mesma visão que os óculos progressivos, isto é ver bem ao longe e ao perto desde qualquer posição.

Estas lentes são desenhadas mediante uma técnica de geometrias assimétricas, utiliza duas lentes distintas que ao funcionar em conjunto proporcionam uma visão perfeita a qualquer distância. Além disso são fabricadas com um material que contem moléculas de phosphorilcolina (PC), uma substancia presente de forma natural nas membranas das células humanas que atraem a agua o que ajuda a manter a estrutura da lágrima. Desta forma as lentes resultam mais cómodas e podem utilizar-se durante mais horas, mesmo em condições ambientais desfavoráveis para o olho como o trabalho em edifícios com ar condicionado.
A partir dos 40-45 anos começa-se a perder a visão de perto, ler, trabalhar ao computador… requer que se afastem os objectos. Este problema, a presbiopia ou vista cansada, afecta muitos milhões de pessoas em todo o mundo.

A hipermetropia ocorre quando o ponto mais próximo do olho está mais afastado do que no olho normal, devido a uma anomalia do cristalino, uma insuficiente curvatura, causando assim, dificuldades em ver ao perto.

A miopia (falta de visão ao longe) é uma anomalia refractiva com um grau de incidência cada vez maior. Para isso muito contribuem as tarefas visualmente exigentes de trabalho prolongado utilizando apenas a visão de perto. O sistema visual não está biologicamente preparado para tais exigências que, continuamente repetidas, conduzem ao desenvolvimento de problemas visuais.

Quem sabe se não irei reformar os Prada...

quarta-feira, julho 16, 2008

Férias na praia...


Preciso de alguém que me explique uma coisa: que raio se passa na cabeça destas gajas para me telefonarem (sim, estão a gastar dinheiro...) a dizer o que estão a fazer na praia?! E eu com isso?! Ok, estão na esplanada a apanhar fresco e a ver o mar. Ok, estão na praia, o tempo está óptimo e a água nem se fala. Ok, e o que é que eu tenho a ver com isso? Estou a trabalhar!!!! Deixem-me trabalhar!

As gajas são, mais concretamente, a Cinda! Ah e tal, estou refastelada na esplanada... Que bom para ti! Parva!

A outra gaja, a Gosma, claro! Ah e tal, estou na praia... Ah sim, olha aproveita e afoga-te. Estúpida!

Se estivessem divertidas, nem se lembravam dos pobres que têm que trabalhar. O meu consolo é que devem estar péssimas, sem vontade nenhuma de estar ali e com imensas saudades da vida agitada e cheia de adrenalina da cidade...! Bem feita!

P.S. - As meninas, que andam de volta dos tratamentos, estão todas bem e recomendam-se. Essas, claro que podem telefonar!

terça-feira, julho 15, 2008

Unhas de gel ou gel nas unhas...

A Gosma não está cá, mas ela compreenderia... Se tudo correr bem, terei estas belas unhas durante 4 a 6 semanas! We'll see...

domingo, julho 13, 2008

O fim-de-semana

Este foi um fim-de-semana muito ocupado. Dois dos meus cunhados fizeram anos na sexta-feira e, sábado, lá fomos almoçar com a família à Messe da Marinha em Cascais. Parabéns Teresa, parabéns Zé!
Após o almoço (leia-se 18h00…), rumámos à nossa palhota. Tínhamos como objectivo mudar a torneira da banheira, regar os legumes e encher a piscina. A torneira fica para a próxima semana…
Aqui estão as imagens da piscina:



Para que saibam, temos uma vivenda com piscina!

Depois, qual Spa, levei à letra toda a propaganda relativa à baba de caracol (sim, sim, estou a voltar à temática do caracol na cosmética…!). Então, abanei vigorosamente o caracol até ele ficar completamente stressado (conforme indicações da Isalenca) – creio mesmo que o bichinho estava em pânico – e utilizei a baba do dito e todas as suas propriedades anti-rugas…

sexta-feira, julho 11, 2008

O que vai ser de mim?!

Ai meu Deus, o que vai ser de mim?! Como vou eu aguentar?!


Preciso de partilhar isto convosco... A minha querida amiga Gosma vai de férias e, há dois ou três dias, que eu já estou deprimida e ansiosa... Como é que vai ser?! Deixem-me explicar:


  1. Quem vai entrar de mansinho por todos os blogs e animar as nossas meninas, disparando disparate por todos os lados?


  2. Quem me vai insultar com aquele ar tão doce como só ela e, no fim, sair de fininho com um beijinho badalhoco, cheio de baba?


  3. Quem vai, de forma tão criativa, estar à espreita de algum deslize ortográfico de uma das meninas, e fazer uma piada cheiínha de humor durante três dias?


  4. Quem me vai mandar mensagens para o telemóvel, durante o dia todo, interrompendo reuniões, almoços, compras no supermercado, na boutique, na perfumaria???


Como é que eu vou sobreviver???? Vocês, por certo, estão a pensar que eu estou a fazer graçolas. Não estou. Eu vou sentir muito a falta desta Gosma querida. Acho que os blogs não vão ser os mesmos durante a sua ausência. E eu só me vou aguentar porque a imagem dela não me vai largar um só dia... (estava aqui uma foto que não fazia justiça à Gosma e eu tirei-a...)

Somos ou não almas gémeas?!

A sério!

Amor é... estar sempre no coração de uma amiga.

Mas amor também pode ser: Quando olhamos para alguém com um sentimento de amizade profundo e pensamos : "irei até ao fim do mundo se necessário, por ti!".

quinta-feira, julho 10, 2008

Amor é...


Voltemos à nossa adolescência! Lembram-se de uns quadrinhos, com uns bonecos muito queridos, cujo título era sempre: Amor é... ?

Pois fica aqui o desafio.


Amor é... levarem-nos, às escondidas, uma bica só porque somos viciados em cafeína e estamos no hospital...


quarta-feira, julho 09, 2008

Cenário é mesmo só... cenário












Eu, a Gigi e a Alexandra descobrimos que o melhor cenário para tirarmos fotos é mesmo aquele onde estivermos nós...! Por isso, eis-nos aqui lindas de morrer, airosas de cair para o lado... no IPO.

Pois é, a Gigi foi chamada para fazer a biópsia à dita massa. Contrariamente ao que era esperado (era dia 21), foi chamada hoje mesmo. Óptimo! Quanto mais depressa, melhor. Ligou-me e eu até ía ao IPO reunir com umas voluntárias amigas... Olha! Demos beijinhos e abraços, tirámos fotos (graças a Deus, esqueci-me da máquina fotográfica na mala, desde o almoço de ontem com as nortenhas... ele há coisas!), desejei-lhe, da minha parte e da vossa, que tudo corresse bem.

E pronto! Mais beijinhos, mais abraços e elas lá ficaram. Logo mais à noite, já devo ter novidades de como correu a coisa. Aqui para nós que ninguém nos ouve, a mãe da Gigi, a Alexandra, tinha as mãos a tremer e não estava assim muito frio... Tolices de mãe! Hihihihi...

Alexandra, nenhuma mãe quer este papel de ver um filho doente...! Credo! Daí esse sorriso ainda ter muito, muito mais valor.

Moche à Alexandra que é uma mãe do caraças!

Moche à Gigi que é uma MULHER do caraças!
Actualização: A Gigi já fez a biópsia e diz que não custou nada. Já está a almoçar... Ela depois dá novidades.

terça-feira, julho 08, 2008

Almocito

Quem tem as orelhitas quentes????
Hum...
Hoje, fui almoçar com a Cinda e a Margarida. Estas duas vieram até à capital a uma Junta Médica e lá aproveitámos para nos encontramos e comer umas ovas e borrego. Não houve vinho (a Isalenca não foi...) e não houve sobremesa (embora a Carmen não tivesse ido...), mas divertimo-nos muito e falámos até mais não. Eu sou caladita, mas vocês conhecem aquelas duas: umas gralhas!
Foi óptimo...! Estiveram todas no nosso espírito (quase todas... hum...).
Vejam só como estamos bem!








segunda-feira, julho 07, 2008


domingo, julho 06, 2008

Baba e mais baba...


Não, não é aquela baba dos beijos badalhocos da Gosma...
É coisa séria!

Como sabem, o nosso famoso Tamoxifeno tem algumas consequências nada agradáveis...

"As terapias hormonais trabalham interrompendo o processo de aromatização, para prevenir a produção de estrogênio, ou ao interferir no caminho dos estrogênios quando estes interagem com o tumor, bloqueando o acesso às células do tumor (tamoxifeno). Isto tem o efeito de privar o tumor do seu principal nutriente e, além disso, de prevenir o seu crescimento.
O tamoxifeno é um anti-estrogênio e age primordialmente para prevenir que os estrogênios se unam aos seus receptores, nos tumores. "

Este processo mimetiza uma menopausa. A falta de estrogénios causa, principalmente, as ondas de calor ou afrontamentos em aproximadamente 75 a 80 % das mulheres. Fisiologicamente, a redução progressiva do estrogênio promove efeitos profundos no organismo todo. Em alguns casos a consequência dessa deficiência de estrogênio, em longo prazo, propicia sintomas desagradáveis e, algumas vezes, sérias doenças. O estrogênio é responsável pela textura da pele feminina e pela distribuição de gordura, e sua falta causará a diminuição do brilho e da elasticidade da pele, além de produzir uma distribuição de gordura pelo corpo, principalmente na barriga.


Nos genitais, a falta de estrogênio que causa a secura vaginal, que acaba por comprometer o desempenho e até o desejo sexual, pois torna as relações sexuais dolorosas. Outra alteração importante causada pela falta de estrogênio é na esfera emocional. A mulher com falta de estrogênio pode ter irritabilidade e depressão. O estrogênio também está relacionado com o equilíbrio entre as gorduras no sangue, tais como do colesterol e triglicéridos. Estudos mostram que as mulheres na Menopausa têm uma chance muito maior de sofrerem de arteriosclerose e suas consequências, tais como ataques cardíacos, doenças cardio-vasculares e demência. Por último, o estrogênio é responsável pela fixação do cálcio nos osssos. Após a Menopausa, grande parte das mulheres passará a perder o cálcio dos ossos, osteoporose, que é responsável por fracturas e por grande perda na qualidade de vida.

Hoje, falemos desse aspecto relacionado com a pele. E eu não podia deixar de partilhar convosco as últimas novidades mundiais da cosmética. A baba de caracol é o novo componente dos potes de cremes por conta de seu alto poder reparador e estimulador da síntese de colágenio, que resulta em menos rugas. “A secreção do caracol é altamente cicatrizante e actualmente é usada em medicamentos que oferecem recuperação rápida para a pele depois de queimaduras ou radioterapia”, diz o dermatologista Maurício Pupo. A substância activa a síntese de fibroblastos, o que gera maior produção de colágenio e elastina, facilita a remodelação da membrana basal e inibe a acção dos radicais livres. Assim, oferece elevada capacidade regeneradora, reparadora e revitalizante à pele, especialmente no tratamento intensivo do fotoenvelhecimento.

A indicação da baba de caracol, chamada elegantemente de extrato, é tratamento de peles maduras, maltratadas pelo sol, secas e ressecadas, assim como no combate a estrias, acne, manchas em geral e cicatrizes, queimaduras, e protecção da pele submetida a curativos frequentes ou colostemias. Muitos dermatologistas já passaram a prescrevê-lo porque é uma substância segura, que estimula o colágeno e não provoca descamação da pele, como o ácido retinóico.

Em resumo, a baba de caracol trata:

Rugas;
Cicatrizes;
Estrias;
Queloídes;
Queimaduras;
Manchas de Sol e velhice;
Acne;
Verrugas.

Como não me imagino a ter um benéfico caracol a passear, naquela sua velocidade vertiginosa, por sobre o meu rosto deixando rasto, optei por comprar um creme de baba do dito, marca Liz Bet de Belhé...

Como podem verificar, esta baba é boa, não é como a das outras Gosmas...

sexta-feira, julho 04, 2008

A Fala do Povo...



... é a Fala de Deus! Oh Yeh!


A Gosma querida, linda e fofinha, é que tem razão: estou que nem posso com uma gata pelo rabo...

quinta-feira, julho 03, 2008

Encornings...

Ai, que canseira! Quase não consigo ver as letras no ecran, tal é o cansaço...

Não sei se são fãs dos episódios do Gato Fedorento, as séries Barbosa, Lopes da Silva, Fonseca...
Num desses episódios, havia uma reunião entre os Fonsecas e os termos eram só em Inglês: downsizing, outsourcing, planning, formatting, spinning... Whatever!

Pois hoje, nas diversas reuniões que tive, só me lembrava do Gato Fedorento. É que foi um encorning todo o santo dia...!
Quero férias!!!

quarta-feira, julho 02, 2008

Saldos...! Compras...! Trapos...!

Hoje era para ir almoçar com a Gigi, mas ela comeu qualquer coisa que não lhe fez bem e não fomos.

Resolvi ir à Zara comprar umas calças. Tem lá coisas muito giras: camisas muito fresquinhas e vestidos (para quem gosta...) muito airosos.

Acabei por comprar dois livros do Robert Wilson...! O Cego de Sevilha e Os Assassinos Escondidos. "Prontes", foram as minhas compras. E agora, Gosmas pseudo-intelectuais, não me macem mais com o Robert Wilson, ok?

Como vêem, a minha vida é muito imprevisível...

Se virem umas calcitas jeitosas, avisem-me, tá?