É só mais um bocadinho!

segunda-feira, novembro 27, 2006

Lanço um debate...

Ao fazer uma pesquisa na Net deparei com um estudo levado a cabo no ISPA sobre "Imagem corporal da mulher com cancro de mama: Impacto na qualidade do relacionamento conjugal e na satisfação sexual".

Achei interessante e aconselho vivamente que leiam:

http://www.scielo.oces.mctes.pt/pdf/aps/v23n3/v23n3a07.pdf

E aproveito para lançar aqui um debate sobre o tema. Já temos bloguistas suficientes (e com cancro da mama) para conseguirmos discutir este tema que toca em partes bem profundas e íntimas de todas nós...

O que acham?


terça-feira, novembro 21, 2006

Uma experiência na 1ª pessoa (3)

A nossa Alda lá continua a sua batalha. Aqui vai o testemunho relativo ao 3º tratamento. Só falta um!!!
_________________________________
"No dia 2 de Nov fui fazer a análise ao sangue e mostrei aos médicos a língua e os dentes que estavam negros. Disseram-me que não tinha acontecido com ninguém, mas que devido a ter tomado tantos medicamentos, quando estive internada, juntamente com a quimioterapia teria provocado esta situação. A língua já está normal, mas os dentes continuam negros, e só poderei ir ao estomatologista quando terminar a quimioterapia. O tratamento do dia 3 foi adiado para dia 10 Nov.

No primeiro e segundo dia, já senti algumas náuseas, no terceiro estive melhor, mas no quarto e quinto dia é que passei pior, náuseas, uma forte dor muscular no braço direito, as picadas do costume, muita prisão de ventre, tonturas, dores abdominais, dores no estômago e ventre, sinto que está tudo muito frágil. À noite quando estou deitada sinto o meu estômago e abdómen a tremer continuamente, o que provoca muito mal-estar.
O efeito deste tratamento não foi tão forte, mas o mal-estar no estômago continua, sinto como se estivesse em ferida, mas mesmo assim, foi melhor que os outros.

Só falta mais um!!!

Vou alimentar-me bem, para suportar melhor o ultimo tratamento de quimioterapia.

quinta-feira, novembro 16, 2006

Ano I D.C.

16 de Novembro de 2006 - Ano I Depois do Cancro. Ano I depois de ouvir o diagnóstico: carcinoma ductal invasivo…

Um ano passado e o que prevalece é a certeza de que há vida depois do cancro (nem sempre, mas muitas vezes).

Coisa que não me pareceu possível há um ano. Para dizer a verdade não me pareceu possível, nem deixou de parecer. A capacidade de raciocínio foi a primeira faculdade a partir.

Mas não vou tentar novamente explicar o que senti nessa altura. A palavra que se aplica continua a ser: inexplicável…

Ergam a taça comigo, por favor. Celebrem mais esta data…

domingo, novembro 12, 2006

Pelo sim, pelo não... Passo tal como recebi

(MSc. GABRIELA CASANOVA LARROSA, Professora. Assistente Dpto. de Biologia Celular e Molecular.Faculdade de Ciências, Universidade da República Oriental do Uruguay.Endereço: Igua 4225, Piso 7 - Ala Sur - Cod. Postal 11400)


"Há algum tempo fui à um seminário sobre Cancro de Mama, conduzido por Terry Birk, com o apoio de Dan Sullivan. Durante os debates, perguntei porque a área mais comum para desenvolver tumores cancerígenos no peito é perto da axila. Minha pergunta não pôde ser respondida na hora. Esta informação me foi enviada recentemente e me alegro que minha pergunta tenha resposta. Transmiti a uma amiga que está fazendo quimioterapia e ela comentou que também estava inteirada dessa informação através de um grupo de apoio que está frequentando. Agora quero compartilhar a informação com vocês. A principal causa de cancro de mama é o uso de anti-transpirantes! Sim, ANTI-TRANSPIRANTES!
A maioria dos produtos no mercado é uma combinação deAnti-transpirantes/desodorizantes. Verifiquem as etiquetas.Desodorante está bem, anti-transpirante, não. A concentração das toxinas provoca a mutação das células: CANCRO.
Eis aqui a razão: O corpo humano tem só algumas áreas por onde eliminar as toxinas: atrás dos joelhos, atrás das orelhas, na área das virilhas e as axilas. As toxinas são eliminadas com a transpiração. Os anti-transpirantes, como seu nome claramente diz, evitam a transpiração; portanto, inibem o corpo de eliminar as toxinas através das axilas. Estas toxinas não desaparecem magicamente; ao contrário, o corpo as deposita nas glândulas linfáticas que se encontram debaixo dos braços, na medida em que não saem pelo suor. A maioria dos tumores cancerígenos do seio ocorre neste quadrante superior da área da mama. Precisamente onde se encontram as glândulas. Nos homens parece ocorrer em menor proporção, mas não estão isentos de desenvolver cancro de mama por causa dos anti-transpirantes. A diferença está que os anti-transpirantes usados pelos homens não são aplicados directamente sobre a pele; ficam, em grande parte, nos pelos axiais. As mulheres que aplicam anti-transpirantes logo após rasparem as axilas, aumentam o risco devido a minúsculas feridas e irritações da pele, que fazem com que os componentes químicos nocivos penetrem mais rapidamente no corpo.
Por favor, passem esta mensagem a todas as pessoas. O cancro da mama está se tornando tremendamente comum, e esta advertência pode salvar algumas vidas. Se não estão suficientemente seguros desta informação, podem fazer suas investigações. Provavelmente chegarão à mesma conclusão (usem desodorizantes, nunca anti-transpirantes).
FAVOR DIVULGAR PARA TODAS AS MULHERES E HOMENS, POR TODOS OS MEIOS DISPONÍVEIS. ".

quarta-feira, novembro 08, 2006

Cancro da Mama - Investigadores portugueses desenvolvem novo método de detecção

Investigadores portugueses desenvolveram um método que ajudará a detectar com mais rigor o cancro da mama. O método, complementar à mamografia e à ecografia, pode evitar biopsias desnecessárias.

( 12:07 / 08 de Novembro 06 - TSF online)

Na tentativa de ajudar ao diagnóstico precoce do cancro da mama, um grupo de investigadores desenvolveu um método que será testado em 2007 e que envolve uma tomografia por positrões, o que permitirá a detecção destes cancros mesmo que tenham um milímetro de diâmetro.

Em declarações à TSF, Pedro Amaral, um dos investigadores envolvidos neste projecto, explicou que este método, que é complementar à mamografia e à ecografia, não deixa margem para dúvidas em relação ao diagnóstico.

Este investigador diz que esta tomografia é diferente das mamografias, dado que estas últimas, em alguns casos, dão resultados positivos, que, no entanto, não se confirmam e que depois podem levar a uma biopsia desnecessária.

«A ideia é ter um exame complementar para ter uma confirmação ou não da necessidade de fazer uma biopsia, porque o que se espera com isto é eliminar o número de biopsias desnecessárias», explicou.

Como as células cancerosas necessitam de muita energia para se desenvolverem desordenadamente, este exame pretende detectar onde está a ser feito um maior consumo de glucose, inserindo-se depois os positrões nas moléculas de glucose.

«Se eu conseguir ter um aparelho que me faça um mapeamento de onde há mais positrões a serem emitidos consigo ver onde se está a ver mais consumo de energia e isso pode-me indicar possíveis fontes de células malignas», concluiu.

Este exame, que vai ser aplicado no primeiro semestre de 2007 no Hospital Garcia de Orta, em Almada, com cerca de 300 exames clínicos a mulheres, ficará mais barato do que o actual exame com positrões feito ao corpo inteiro, que custa 1300 euros através do Sistema Nacional de Saúde.

O presidente da Sociedade Portuguesa de Senologia recordou a importância de um diagnóstico precoce do cancro da mama, doença que mata, em média, quatro mulheres diariamente.

«Não podemos interferir no número de casos novos, o que é importante é que consigamos reduzir o número de mortes. Para o reduzir, é importante fazer um diagnóstico nas fases iniciais», explicou Jorge Soares.

O cancro da mama será o principal tema em debate no VI Congresso Nacional de Senologia que decorre desde esta quinta-feira até sábado em Cascais.

quinta-feira, novembro 02, 2006

As Super Glamorosas ...

As Super Glamorosas são um grupo de amigas que cerrou fileiras à volta da Claúdia, uma mulher-coragem que lida, neste momento, com uma grande batalha: vencer um cancro.

Mas mulher é sempre mulher, com cancro, sem cancro, com cabelo, sem cabelo. Mulher. Agora, juntem várias mulheres e imaginem o que dá! Estas são Super Glamorosas, Super Queridas e, na minha opinião, Super "Doidas"...

Visitem este site e vejam os milagres de que a verdadeira amizade é capaz.

http://www.superglamorosas.blogspot.com/