É só mais um bocadinho!

sábado, setembro 30, 2006

Uma experiência na 1ª pessoa !

Este é o primeiro de alguns artigos sobre quimioterapia que a Alda vai partilhar connosco.
Como se pode ler, ela está a começar um ciclo de tratamentos e as suas impressões, os seus sintomas, as más disposições, todos os efeitos serão partilhados por ela. Quem sabe se não vai ser muito importante para quem está a passar pelo mesmo ou tem essa perspectiva?

A Alda é uma Mulher muito grande, apesar de rondar o metro e meio! Agradeço-lhe a enorme generosidade em se disponibilizar a nos dar a sua experiência enquanto está bem “fresquinha”.


" Já comecei os tratamentos de quimioterapia, e gostaria de partilhar esta minha nova experiência.
O meu maior receio, desde o ini­cio, foi saber que teria de fazer a quimioterapia, o nome assusta, mas como não tive escolha lá fui fazer o 1º tratamento, um pouco ansiosa, tudo tão novo para mim, ainda parece um pesadelo.Vou fazer 4 tratamentos de 21 em 21 dias.
Sexta-feira dia 23 começou outro ciclo. Os químicos são aplicados na veia, estive quase 5h no hospital, porque primeiro fazem análises ao sangue, se estiver tudo bem, então dá-se início ao tratamento. O primeiro produto é como se fosse soro, é uma preparação do organismo, depois de aplicado o químico mais forte.
Sente-se logo uma reacção diferente, o corpo treme, senti rubor, um mau gosto na boca, e um ligeiro mal estar no fim do tratamento, senti-me frágil e insegura, com a sensação de que o corpo não era o meu. Começo a tomar os comprimidos para o enjoo, mas 30h depois começam os primeiros efeitos, picadas no corpo, tonturas, mas foi no domingo de manhã que tive muitos enjoos e vómitos tão fortes que fiquei com a garganta magoada, e durante todo o dia estive muito cansada, enjoada, passei o dia deitada, comi muito pouco, e não vomitei. No sítio onde fui operada o desconforto, após a quimioterapia, é muito grande. Picadelas, algumas dores, sente-se repuxar. Depois vai passando. O dia seguinte já foi um pouco melhor, e assim tem sido até hoje, todos os dias sempre a melhorar.

Dia 13 de Outubro, vou ao 2º tratamento.Voltarei a dar notícias, vamos ver como vou reagir a outras situações que vão surgir. "

sexta-feira, setembro 01, 2006

Luta contra o cancro: boas notícias

Portugal Diário on-line
2006/09/01 10:42
Manipulação genética diminuiu tumores em humanos pela primeira vez

A luta contra o cancro deu mais um passo. Pela primeira vez, o recurso à manipulação genética conseguiu diminuir tumores em humanos. O estudo é divulgado na revista Science, avança a Agência Lusa.
Cientistas norte-americanos modificaram geneticamente células imunitárias para especializá-las no combate aos tumores cancerígenos.
Duas das 17 pessoas com melanoma (cancro da pele) avançado que receberam o tratamento experimental, avançam os cientistas, registaram uma diminuição no tamanho dos seus tumores e foram declaradas clinicamente livres da doença um ano e meio depois da terapia.
As restantes 15 demonstraram persistência das células imunitárias modificadas pelos cientistas.
«Esta é a primeira vez que a manipulação genética conseguiu a regressão de tumores em humanos», afirmou um membro do Instituto norte-americano do Cancro, Steven Rosenberg.
Para já, a experiência foi desenvolvida apenas junto de pacientes de melanoma, mas a equipa de cientistas demonstrou que é possível modificar em laboratório células similares de imunização que atacariam outro tipo de tumores, como os da mama, do pulmão ou do fígado.
«Este trabalho marca um importante passo no aproveitamento do nosso sistema imunitário para combater o cancro», sublinhou o editor de imunologia da revista, Stephen Simpson.